Segundo os próprios criadores, Ken Schwaber e Jeff Sutherland, o Scrum é “um framework dentro do qual pessoas podem tratar e resolver problemas complexos e adaptativos, enquanto produtiva e criativamente entregam produtos com o mais alto valor possível”. 

Existem equipes que o seguem by the book. Outras usam alguns elementos, adaptados às suas necessidades. Há aquelas que gerenciam projetos complexos, outras usam alguns recursos para administrar sua rotina. De uma maneira ou de outra, é possível usar o Runrun.it para gerenciar o trabalho seguindo as regras do Scrum. Confira abaixo o passo a passo:

1. Equipe:

Uma equipe de Scrum é composta por:

  • 1 Product Owner (PO), responsável por gerenciar o Backlog do Produto
  • Desenvolvedores (ou profissionais de outras áreas), autorizados a organizar e gerenciar seu próprio trabalho. A quantidade de pessoas é pequena o suficiente para a equipe se manter ágil, e grande o suficiente para completar um trabalho significativo dentro da Sprint
  • 1 Scrum Master, que apoia o PO, o time, organizando os rituais e melhorando os processos

Depois de cadastrar os usuários na ferramenta, clique na engrenagem, em Equipes e crie a sua equipe Scrum:

Depois de criá-la, inclua o Product Owner como líder (1), e os demais como membros (2).

2. Kanban

Também conhecido como Scrumban, o quadro que organiza visualmente o Scrum traz as colunas do kanban. No Runrun.it, ele pode ser dividido entre:

  • “Backlog” ou "Backlog do Produto" como sendo a primeira etapa do Quadro. Segundo o Scrum Guide, os itens no topo da lista devem ser mais detalhados que os itens abaixo. Isso porque as estimativas são mais precisas quando feitas baseadas em cima de um maior detalhamento da tarefa.
  • “A Fazer” ou “Backlog da Sprint”, é a segunda etapa do Quadro. É onde ficam as tarefas a serem executadas naquela Sprint. O Backlog da Sprint é modificado diariamente, ou seja, ele vai surgindo durante a Sprint. Sempre que um novo trabalho é necessário, é adicionado por lá. Da mesma forma, sua estimativa restante é atualizada. 
  • “Fazendo”
  • “Entregue” ou “Pronto”

Entre as colunas “Fazendo” e “Entregue”, pode existir uma coluna de “Testes” ou “QA”, de acordo com o fluxo de trabalho da equipe.

3. Rituais

Segundo o Scrum Guide, os eventos são usados no Scrum para criar regularidade e minimizar a necessidade de reuniões desnecessárias. Todos os eventos têm uma duração máxima. A Sprint, por exemplo, tem uma duração fixa que não pode ser reduzida ou aumentada. Os demais eventos podem terminar sempre que seu propósito for atingido, garantindo que não haja desperdício de tempo.

Sprint

Duração máxima de um mês. Cada Sprint tem uma meta, um plano previsto que guiará as entregas.

Planejamento da Sprint

Dura no máximo 8h (para Sprints de um mês), e todos devem participar. As perguntas que devem ser feitas neste momento são: 

a) O que pode ser entregue na próxima Sprint?
b) Como isso será realizado?

  • Para tomar as decisões de planejamento, deve-se usar o Backlog do Produto. 
  • No Runrun.it, crie uma etapa com o nome “Backlog” no Quadro a ser usado pela equipe de Scrum. Ela será a primeira coluna deste quadro. 
  • Cada tarefa do Backlog não precisa ser atribuída e deve ter seu esforço corrigido, para que este tempo seja levado em conta no planejamento. 
  • Ao escolher o que será realizado na Sprint, deve-se mover os cards para a próxima etapa do Quadro: “A Fazer”, ou ainda “Backlog da Sprint”. 
  • No final do planejamento da Sprint, a equipe deve ser capaz de explicar ao Product Owner e ao Scrum Master como pretende trabalhar cada tarefa.

Reunião diária

É um reunião de até 15 minutos, sempre no mesmo dia e horário, na qual o time planeja o trabalho para as próximas 24 horas. Normalmente realizada em pé. 

  • Crie uma tarefa com repetição para as reuniões diárias, e aloque todos da equipe. 
  • Como a reunião se destina a avaliar o progresso em direção ao objetivo da Sprint, reúna todos em frente ao Quadro e comece a reunião falando da direita para a esquerda. Ou seja, pelas vitórias, a partir das entregas realizadas. Dessa maneira, a equipe sentirá que o trabalho está andando e se sentirá mais motivada. 
  • Qualquer alteração ou adaptação das tarefas presentes na Sprint deve ser discutida com o Product Owner após a reunião diária, e os ajustes de repriorização de tarefas ou retorno de tarefas ao Backlog devem ser feitos diretamente no Quadro.

Revisão da Sprint

Reunião informal com o time de desenvolvimento (e outros interessados nas entregas) com duração máxima de 4h para uma Sprint de um mês.

  • A partir da coluna “Entregues” do Quadro, Product Owner esclarece quais itens do Backlog do Produto foram entregues e quais não foram.
  • A partir dos registros nas tarefas, de comentários e discussões, discute-se o que foi bem durante a Sprint, que problemas tiveram e como foram resolvidos.
  • A partir do esforço estimado para a realização das entregas de todo o Backlog, o Product Owner projeta metas e datas de entrega baseado no que já foi percorrido.
  • Dessa maneira, o resultado da Revisão da Sprint é um Backlog do Produto revisado que define os prováveis itens a serem trabalhados na próxima Sprint. O Backlog também pode ser ajustado para atender novas oportunidades de mercado ou de atender às necessidades do cliente. 

Retrospectiva da Sprint

Reunião de no máximo 3h para uma Sprint de um mês. 

Como esse encontro analisa qualitativamente as pessoas, os relacionamentos, os processos e as ferramentas, além de identificar e ordenar os itens que foram bem e as melhorias na próxima Sprint, o Runrun.it pode ser usado para:

  • O controle do tempo (a partir do Play na tarefa)
  • Registrar as principais discussões e conclusões na descrição, como uma ata. 

4. Acompanhamento

  • No Runrun.it, é possível criar um projeto para cada Sprint e monitorar a velocidade de entrega, o total do trabalho restante e a previsão de entrega através do gráfico de burnup.
  • Esta informação fica transparente para todas as partes interessadas. Para isso, basta editar a visibilidade do projeto. 
  • Como o Scrum tem base empírica, vale dizer que as informações armazenadas das Sprints anteriores ajudará a equipe a tomar decisões a respeito do que virá.
Did this answer your question?