Antigamente, a indústria de desenvolvimento de software seguia - e algumas empresas ainda seguem - uma metodologia tradicional, em que cada etapa só era realizada após a conclusão da anterior, no que é conhecido como "sistema em cascata", ou Waterfall. Embora funcione em muitos setores, ela impede que as empresas consigam dar velocidade no desenvolvimento de seus projetos.

Foi em oposição à gestão tradicional de projetos que nasceu a metodologia ágil (ou Agile, em inglês). Seu manifesto, que surgiu na indústria de softwares, em 2001, possui quatro principais valores:

  1. Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas;
  2. Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
  3. Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;
  4. Responder a mudanças mais que seguir um plano.

A popularidade da metodologia acabou criando frameworks para a implementação de seus principais conceitos: 

1. Scrum

2. Metodologia de pilha

3. Kanban

 

Como usar o Runrun.it com métodos ágeis

No Runrun.it, você consegue aplicar os conceitos da metodologia ágil, garantindo entregas contínuas e maior produtividade. Como? Saiba mais abaixo:

Scrum com o Runrun.it

  • Backlog
    O Runrun.it faz diferença em cada etapa do Scrum. Não é à toa que o software possui a função do backlog. Com ele, você lista todas as funcionalidades, histórias ou tarefas, que ainda não possuem um responsável e que, futuramente, alguém da equipe pegará para executar. Pode, por exemplo, ser um trabalho de suporte técnico, onde cada abertura de pedido pode gerar uma tarefa no backlog. Assim, há um repositório de tarefas que pode ser consultado e qualquer membro da equipe que estiver livre pode “puxar” para si determinada tarefa.

  • Sprint
    Os Sprints são blocos de tempo delimitados, de uma a quatro semanas. É você, em uma reunião com a participação da equipe, que definirá quantas histórias do Backlog serão concluídas em cada Sprint. No Runrun.it, você poderá “quebrar” cada história em diversas tarefas, com fixação de um responsável e estimativa de prazo. Assim, o sistema ajuda você a manter todos na mesma página, mesmo com as mudanças de planos. Afinal, alguma tarefa nova pode aparecer no backlog, e poderá surgir a necessidade de transferi-la do backlog para o sprint atual. Qualquer mudança de prioridade entre as tarefas do sprint é facilmente compartilhada com todos os envolvidos, via notificação no Runrun.it e e-mail.

    Também podemos usar o RR-Board®, o kanban inteligente do Runrun.it, nos sprints. Você pode movimentar os cards (tarefas) entre as colunas do RR-Board®, que são como as colunas de um kanban.
    Cada coluna do kanban informa um status, como tarefas para fazer, tarefas em desenvolvimento, finalizadas… No Runrun.it, por padrão, as colunas são "Não atribuídas", que são as tarefas no Backlog do projeto, "Atribuídas", que são as que estão na fila ou em desenvolvimento, e "Realizadas", as tarefas já entregues. Mas você pode criar novas colunas ao criar novos status para as tarefas. Repriorize as tarefas dentro da coluna de Backlog, mostrando aos colaboradores qual tem mais urgência para que seja pega por algum responsável. Não é possível repriorizar no Backlog tarefas de outras equipes.
    Com o RR-Board® do Runrun.it, à medida que as atividades são completadas, você tem uma visão completa do andamento e uma estimativa do trabalho que resta a ser feito.
  • Daily Scrum
    O Runrun.it permite que as reuniões diárias possam ser discutidas diretamente na tela do RR-Board®, o kanban inteligente. Com as informações indicadas será possível definir prioridades, falar sobre o andamento das tarefas em uma determinada etapa (coluna), além de saber quem está sobrecarregado ou se uma atividade tende a atrasar, transferindo de responsável.


Entregas contínuas com o Runrun.it

A metodologia de pilha tem o objetivo de encaixar diversas atividades ou projetos no dia a dia das equipes, garantindo a entrega contínua – um princípio do Agile. Assim, priorizam-se tarefas de maior impacto ou retorno e otimiza-se o uso do tempo. Focar nas prioridades é mais importante do que entregar várias tarefas de menos impacto.

O método de pilha facilita a gestão do trabalho de forma estruturada e organizada. Com o Runrun.it, além de organizar o fluxo de demandas você ainda documenta (formaliza) tudo o que acontece em torno delas, pois o software automaticamente registra todas as ações e edições.

 

O Dashboard do Runrun.it

Com o novo Dashboard, o gestor e a equipe possuem acesso rápido às principais informações de como está a empresa. Tudo centralizado em apenas uma tela, atualizado em tempo real e sem precisar recorrer a relatórios. Nele, você cria suas próprias métricas, utilizando filtros, seleciona somente o que interessa e arrasta os blocos para onde quiser.
E você ainda pode projetar este Dashboard em uma tela, deixando à mostra as principais métricas das equipe - e implementando uma gestão à vista.

Relatórios para gestão ágil

O Runrun.it permite extrair facilmente relatórios sobre a produtividade do trabalho, contribuindo para a melhor análise de cada Sprint. Dessa forma, você poderá planejar o próximo Sprint com metas reais e a melhoria do processo. E de uma forma desburocratizada, sem gerar novas tarefas. Uma vez que os dados estão no sistema, os relatórios estão a poucos cliques, bastando apenas que os usuários dêem "Play" em suas tarefas, registrando as horas corretamente e entregando as tarefas.

Por exemplo, o relatório "Custos", que fornece todos os gastos em determinado cliente e nos seus projetos, pode ser utilizado não apenas para o gestor ver onde está investindo mais, mas também mostra as horas registradas por projeto e tarefa. Também é possível ver as horas registradas por cliente, projeto, tipo de tarefa e por usuário nas métricas do Dashboard, na forma de card, lista ou gráficos, dependendo da métrica escolhida. Através de filtros, você pode gerar o relatório de custos sem a parte dos custos em si, apenas com a parte de horas, e enviá-lo para o cliente saber quanta s horas foram investidas em seus projetos e tarefas.
O relatório "Alocação de pessoas", que permite saber no que as pessoas estão trabalhando, também pode ser mostrado ao cliente, para que ele saiba quantas pessoas estão alocadas no projeto dele.
Benefícios: gerar reports de custos e negociar com o cliente de forma transparente, trazendo-o mais perto da execução dos projetos, interagindo e atendendo melhor às suas necessidades.
Para acessar, clique em “Relatórios”, no menu esquerdo, depois escolha um dos relatórios: "Custos" ou "Alocação de Pessoas".

Já a planilha de “Timesheet por cliente” mostra as horas registradas pela equipe em cada projeto do cliente. Com isso, você tem um panorama geral das horas investidas por cada responsável em suas tarefas naquele Sprint – tanto as atividades entregues, como as em andamento e as em atraso.
Benefícios: fornece um panorama geral das horas investidas por cada responsável em suas tarefas em um Sprint, por exemplo. Tanto as atividades entregues, como as em andamento e as em atraso. Ao término de cada Sprint, são analisadas as tarefas entregues e o que foi alcançado.
Para acessar, clique em “Relatórios”, no menu esquerdo, depois em “Planilhas” e em "Timesheet por Cliente".


Já a planilha "Status Report Geral", que é o relatório mais completo do Runrun.it, exibe de maneira detalhada os clientes, projetos e tarefas. Através dela, o gestor analisa detalhes das tarefas como o esforço estimado, se a tarefa foi reaberta, as horas restantes…
Benefícios: Com a planilha Status Report Geral, é possível acompanhar como foi a produtividade nas atividades (o que deu certo e o que atrasou) e também planejar o próximo Sprint.
Para acessar esses dados, clique em “Relatórios”, no menu esquerdo, depois em “Planilhas” e em "Status Report Geral".

Atenção: apenas Administradores e Gestores acessam todos os relatórios. Líderes de equipe acessam relatórios referentes a sua equipe.


Leia mais aqui: 

Did this answer your question?