Nesse artigo você vai aprender sobre:

  1. Hierarquia do Runrun.it 
  2. Onde habilitar a função?
  3. Quem pode criar grupos e subgrupos?
  4. Exemplos

1. Hierarquia do Runrun.it

A lógica de estruturação do Runrun.it é: Cliente > Projeto > Tarefas. Toda tarefa pertence a um projeto, que pertence a um cliente. Porém, é possível adicionar mais duas categorias: grupo e subgrupo. 

Cliente > Grupo > Subgrupo > Projeto > Tarefa

Ou seja, podem ser criados até cinco níveis de hierarquia, de acordo com a complexidade da sua empresa.

Ao habilitar a função grupo ou subgrupo, automaticamente serão criados um grupo Sem grupo e um subgrupo Sem subgrupo, que não podem ser renomeados ou excluídos. Caso a conta já tenha projetos criados, eles vão ser adicionados ao grupo Sem grupo e ao subgrupo Sem subgrupo. 

Atenção: Não é possível transferir projetos inteiros entre grupos e subgrupos. Você pode, ao Apagar projeto, transferir as tarefas dele para um outro projeto já criado, dentro do grupo ou subgrupo desejado. Lembrando que essa ação só pode ser feita entre projetos de um mesmo cliente.

2. Onde habilitar a função?

Apenas o administrador da conta pode fazer isso. Acesse Administrar > Configurações > Grupos de Projetos. Selecione a opção desejada e clique em SALVAR. 

Você pode habilitar apenas os Grupos ou Grupos e Subgrupos

Atenção: A opção Grupos e Subgrupos de Projetos está disponível apenas no Plano Corporate e na versão gratuita de teste.

3. Quem pode criar grupos e subgrupos?

Administradores e Gestores sempre podem criar projetos com grupos e subgrupos. Um Líder de equipe só pode criar essas divisões, para clientes que a equipe dele tem acesso, se o Administrador permitir em Administrar > Configurações > Permitir que Líderes de Equipe criem Clientes, Projetos e Tipos de tarefa

4. Exemplos

Os clientes podem ser áreas internas da empresa ou clientes externos; os grupos, os serviços, ou sprints; os subgrupos meses do ano, por exemplo. Mas você sempre pode adaptar as divisões como for melhor para a sua empresa!

Exemplo 1: ABC é um dos clientes externos da empresa, que se divide em grupos como Assessoria de Imprensa, Financeiro, Criação de arte e Produção de conteúdo. Os subgrupos são os meses do ano, que vão reunir os projetos da cada área da empresa. Como exemplo tempos um projeto de Mídia Kit, do mês de setembro, que pertence ao grupo de Assessoria de Imprensa, do cliente ABC.  

Cliente ABC > Assessoria de Imprensa (grupo) > Setembro (subgrupo) > Mídia Kit (projeto). 

Exemplo 2: O setor de TI da empresa é o cliente interno, que se divide em grupos de Desenvolvimento de Produto, Suporte, Infraestrutura e Desenvolvimento de Apps. Dentro do grupo Desenvolvimento de Apps há os subgrupos: Android e iOS. Em cada subgrupo, há um projeto para cada sistema, com as respectivas tarefas: 

Cliente T.I > Desenvolvimento de apps (grupo) > Android (subgrupo)  > App XYZ Android (projeto). 

Exemplo 3: Uma rede de lojas franqueadas é um dos clientes de um escritório de contabilidade, as regiões de São Paulo são os grupos, os subgrupos os meses do ano e os projetos são balanços financeiros. 

Cliente Franquia DXS > Zona oeste (grupo) > Maio (subgrupo) > Balanço financeiro (projeto). 

Veja mais em:
Tarefas
Lógica do Runrun.it

Ficou com dúvida? Entre em contato com a gente pelo e-mail help@runrun.it ou mande uma mensagem via chat. 

Did this answer your question?